12 de dezembro de 2019
                 
     
                         
Lázaro Freire, Acid0 e Lobão na MTV: Daime é droga ou religião?
Psicanálise Transdisciplinar em SP com Lázaro Freire
Seja um colaborador ativo da Voadores!
Cursos e palestras da Voadores em sua cidade
Mensagem de Wagner Borges
Mais novidades

 
  

Colunas

>> Colunistas > Benedicto Cohen (Bene)

Koans
Publicado em: 04 de setembro de 2006, 15:54:45  -  Lido 3268 vez(es)



Outro dia enviei na Malkhut uma explicação sobre koans. Assinar a Malkhut é de graça e sai muita coisa boa por lá.

Mas repito aqui, pra vc, a resposta que dei pra Ellen, lá na Malkhut
---------------------
>1) Que são koans? Li uma citação a respeito, pelo que eu entendi é
> um tipo de enigma que o zen budismo usa como forma de entendimento
> das verdades mais profundas, mas não explicava muita coisa.

OK, tentar responder já é fugir do espírito zen, mas vamos lá:

Koans são perguntas apresentadas pelos mestres zen aos discípulos, para
verificar em que grau estes já assimilaram, na prática, o modo de ser 'zen'.
Algumas destas perguntas são ilógicas ou até impossíveis de responder, pois
o mestre não está querendo uma resposta lógica, explicativa ou filosófica -
aliás ele nem está interessado na resposta em si, mas sim em medir o
progresso, a autenticidade e espontaneidade do discípulo.

A aplicação contínua de koans cada vez mais complicados primeiro leva o
aluno a um estado de perplexidade, perante aquele mundo de perguntas sem
resposta. Depois, ele percebe que embora existam milhares de perguntas
impossíveis de responder, ainda assim é possível comer, beber, trabalhar,
viver , sem ter que respondê-las todas. Por fim, depois de ter adentrado o
caminho, ele percebe que o zen, como modo de vida, também serve para
responder sabiamente aquelas perguntas todas, só que não da maneira aflitiva
e séria com que as encarava a princípio.

Um exemplo clássico explica melhor o que é esperado do aluno:

Quando perguntaram a Chao-Chuan: "Um cachorro tem natureza búdica?" este,
em vez de ficar debatendo inúteis conceitos relativos à alma, que jamais
poderiam ser comprovados ou não, ou que simplesmente não faziam a menor
diferença, sob o ponto de vista zen, respondeu, numa só palavra: "Wu" -
que em chinês quer dizer 'nada' ( fazendo alusão à impermanência das
coisas), e que também é a palavra que representa o som de um latido.


> 2)Continuando com todas aquelas investigações, no caso da reflexão
> apresentada pelo filme, quando é que o espírito vem habitar o corpo???

WU !!!

Bene

-------------------------------------------

Complementando aqui na Voadores:

Um koan é algo que se encontra interposto entre você e vc mesma. Uma charada
que vc precisa resolver, pra poder chegar onde já estava antes. A pedrinha
que incomoda, dentro do sapato de salto alto de nossas certezas. Em outras
palavras, o 'decifra-me ou devoro-te', do mito de Édipo.

Bene
(um koan do tipo insolúvel)
--
Benedicto Cohen (Bene)
beneluxbr@yahoo.com.br


Deixe seu comentário

Seu nome:
Seu e-mail:
Mensagem:

 
Atenção: Sua mensagem será enviada à lista Voadores, onde após passar pela análise dos moderadores poderá ser entregue a todos os assinantes da lista além de permanecer disponível para consulta on-line.































Voltar Topo Enviar por e-mail Imprimir