14 de dezembro de 2019
                 
     
                         
Lázaro Freire, Acid0 e Lobão na MTV: Daime é droga ou religião?
Psicanálise Transdisciplinar em SP com Lázaro Freire
Seja um colaborador ativo da Voadores!
Cursos e palestras da Voadores em sua cidade
Mensagem de Wagner Borges
Mais novidades

 
  

Colunas

>> Colunistas > Benedicto Cohen (Bene)

Possessão e Sonhos
Publicado em: 04 de setembro de 2006, 16:18:22  -  Lido 3648 vez(es)



Por volta de 1630, a cidade de Loudun, na França, foi palco de uma série de
acontecimentos envolvendo o padre Urbano Grandier, pároco da cidade, famoso por
ser pessoa de grande charme, eloqüência e... renomado galanteador.

Vale lembrar que na época, onde o verdadeiro regente da França era o famoso
Cardeal Richelieu, os altos postos religiosos eram concedidos e comercializados
pelo rei e pelos poderosos, sendo portanto cargos extremamente políticos. Por
conseguinte, pouquíssima importância era dada a questões de fé, celibato, etc.,
dos religiosos.

Mesmo assim, e como era de se esperar, o padre, com seu comportamento e sua
língua afiada, acabou criando dezenas de inimigos poderosos, na cidade. Contudo,
era protegido por outros poderosos locais, e assim a coisa ia seguindo.

Mas havia também na cidade um convento de freiras ursulinas, onde 17 jovens
religiosas viviam sob o comando de Joana dos Anjos, uma freira recentemente
promovida ao cargo de madre superiora. Eram na maioria moças de classes nobres
empobrecidas, cujos pais, não podendo oferecer um dote razoável a um possível
noivo, haviam, segundo o costume da época, enviado as moças para seguir o
caminho religioso.

Diga-se de passagem que nem Joana nem as freiras jamais haviam se encontrado
pessoalmente com Urbano Grandier, e só sabiam dele pelo que lhes era contado
pelas pessoas que visitavam o convento, onde viviam reclusas.

Mesmo assim, quando morreu-lhes o confessor, Joana dos Anjos enviou uma carta a
Grandier, pedindo-lhe que se tornasse o novo confessor delas. Urbano Grandier
recusou-se, também por escrito, alegando falta de tempo.

Pouco tempo depois, a madre começou a ter sonhos de natureza erótica, onde,
segundo ela, Grandier (que ela nem conhecia pessoalmente) aparecia para
seduzi-la. Logo em seguida, as freiras, uma a uma, começaram também a ter estes
sonhos e a apresentar sintomas de possessão diabólica.

Foram então mandados vários padres exorcistas para o convento, e isto, como era
de se esperar, só fez piorar a situação das freiras. (Pois assim como existem
doenças iatrogênicas, ou seja, doenças criadas pelos próprios médicos, a
presença de um exorcista sempre tende a aumentar ou provocar mais sintomas nas
vítimas da chamada possessão diabólica).

Por muitos meses, o convento se transformou num tipo de circo, onde todos podiam
ir assistir aos exorcismos, e ver as jovens freiras descompostas, berrando
obscenidades e rolando pelo chão, enquanto os exorcistas clamavam frases em
latim, ordenando a expulsão dos demônios.

Finalmente, representantes do alto clero foram mandados ao convento para
investigar. Lá, chegaram a conclusão que tudo aquilo era uma fraude, ou no
máximo histeria coletiva das freiras e ordenaram o encerramento daquilo tudo.

A coisa parecia haver terminado, mas nesse ínterim os inimigos de Grandier já
haviam entrevisto ali a grande oportunidade que precisavam, para acabar com o
padre: feitiçaria era um crime gravíssimo, punido com a morte, e o Malleus
Maleficarum, o famoso manual de caça às bruxas, considerava que os sonhos eram
provas de acusação tão válidas quanto outros tipos de testemunho.

E assim, apesar do parecer do alto clero, e apesar de quase ninguém levar a
sério a possessão das freiras, os inimigos de Urbano Grandier conseguiram
levá-lo a julgamento, onde foi condenado a torturas e posteriormente à morte,
por crimes de feitiçaria e comércio com o demônio.

E é por essas e por outras que eu digo que nem sempre vale a pena você ser o
objeto de sonho das mulheres.


Bene
Outubro 2004

--
Benedicto Cohen (Bene)
beneluxbr@yahoo.com.br


Deixe seu comentário

Seu nome:
Seu e-mail:
Mensagem:

 
Atenção: Sua mensagem será enviada à lista Voadores, onde após passar pela análise dos moderadores poderá ser entregue a todos os assinantes da lista além de permanecer disponível para consulta on-line.































Voltar Topo Enviar por e-mail Imprimir